As mentiras do Apocalipse Protestante! 

Veneração aos Santos.

Veneração aos Santos.

Meus irmãos.

Nesse tópico iremos tratar da veneração aos Santos e Anjos, lógico que essa veneração é uma forma respeitosa de “considerar, lembrar e imitar” os nossos guias da fé, jamais o ato de veneração está ligado ao ato de adoração Divina no que apenas compete a Deus (Queimando incenso).

Para quem gosta de usar o famoso dicionário Aurélio, o ato de venerar está ligado ao “amor intenso, respeito, grande consideração” nenhum desses termos compete ao ato único de adoração Divina exclusivo apenas para Deus, alias o Deus de Abraão. 

Assim diz as escrituras sagradas.

Hebreus 13

7. Lembrai-vos de vossos guias que vos pregaram a palavra de Deus. Considerai como souberam encerrar a carreira. E imitai-lhes a fé.

Observem que venerar os Santos é uma ordem Bíblica, se eu lembro, considero e imito já estou venerando, a veneração respeitosa aos Santos e Anjos é uma doutrina já praticada no (AT). O Rei Davi em um ato de veneração compôs um cântico fúnebre para Saul e Jonathan após a morte deles.

II Samuel 1

17. Compôs então Davi o seguinte cântico fúnebre sobre Saul e seu filho Jônatas,
18. ordenando que fosse ensinado aos filhos de Judá. É o canto do Arco, que está escrito no Livro do Justo:
19. Tua flor, Israel, pereceu nas alturas! Como tombaram os heróis

Desde os primeiros séculos os Cristãos já veneravam os Santos Apóstolos e principalmente Virgem Maria, assim como todos os discípulos posteriores.

Em 1927 foi encontrado no Egito um papiro datado do segundo século com essa inscrição.

"ΥΠΟ ΤΗΝ ΣΗΝ ΕΥΣΠΛΑΓΧΝΙΑΝ
ΚΑΤΑΦΕΥΓΟΜΕΝ ΘΕΟΤΟΚΕ.
ΤΑΣ ΗΜΩΝ ΙΚΕΣΙΑΣ ΜΗ ΠΑΡΙΔΗΣ ΕΝ ΠΕΡΙΣΤΑΣΕΙ,
ΑΛΛ' ΕΚ ΚΙΝΔΥΝΩΝ ΛΥΤΡΩΣΑΙ ΗΜΑΣ,
ΜΟΝΗ ΑΓΝΗ, ΜΟΝΗ ΕΥΛΟΓΗΜΕΝΗ.”

Tradução.

”À vossa proteção recorremos Santa Mãe de Deus.
Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita!”

Euzébio de Cesaréia em seu famoso livro (Historia Eclesiástica) narra exatamente a forma com que os Santos Apóstolos e seus Discípulos eram venerados, amados e admirados pelos Cristãos dos três primeiros séculos.     

Veneração aos Restos Mortais dos Santos Mártires (Nesse caso eram os ossos de São Policarpo discípulo de São João).

Observem nesse texto que eles rendiam culto de veneração respeitosa aos corpos dos Santos Mártires; para eles os restos mortais eram como pedras preciosas e cada qual ao ser martirizado recebia uma data comemorativa pela memória de seu martírio. Isso se chama Igreja Católica Apostólica Romana Século I.

Historia Eclesiástica Capitulo XVI livro IV (Euzébio de Cesaréia).

“41. Alguns (Não Cristãos), pois, sugeriram a Nicetas, pai de Herodes e irmão de Alce, solicitar do governador que não entregasse o corpo do mártir, não ocorra que -disse - deixando o crucificado, comecem a render culto a este. E diziam isto por sugestão e por pressão dos judeus, que também vigiavam quando nós íamos recolhê-lo da fogueira. Pois ignoram que nós jamais poderemos abandonar a Cristo, que padeceu pela salvação de todos os que no mundo inteiro se salvam, nem render culto a nenhum outro.

42. Porque a este adoramos por ser Filho de Deus; aos mártires, por outro lado, amamos justamente porque são discípulos e imitadores do Senhor, por causa de sua insuperável benevolência para com seu próprio rei e mestre. Oxalá também nós fôssemos partícipes de sua sorte e seus condiscípulos!

43. Vendo pois o Centurião a insistência dos judeus, pôs o corpo no meio, como de costume, e queimou-o. E assim nós logo retiramos seus ossos, mais estimáveis que as pedras preciosas e mais dourados do que o ouro, e os guardamos em lugar conveniente.

44. Ali, reunidos enquanto nos seja possível, jubilosos e alegres, o Senhor nos concederá celebrar o aniversário de seu martírio, para memória dos que lutaram e para exercício e preparação dos que terão que lutar”.

Observem como os corpos de São Pedro e de São Paulo eram venerados pelos Cristãos como verdadeiros troféus, sendo uma referencia para toda a Santa Igreja Católica Apostólica Romana.

Historia Eclesiástica Capítulo XXIV Livro II (Euzébio de Cesaréia).

“5. Assim pois, este, proclamado primeiro inimigo de Deus entre todos os que o foram, levou sua exaltação ao ponto de fazer degolar os apóstolos. De fato, diz-se que sob seu império Paulo foi decapitado na própria Roma, e que Pedro foi crucificado. E disto da fé o título de Pedro e Paulo que predominou para os cemitérios daquele lugar até o presente.

6. Também o confirma um varão eclesiástico chamado Caio, que viveu quando Zeferino era bispo de Roma. Disputando por escrito com Proclo, líder da seita catafriga, diz sobre os lugares onde estão depositados os sagrados despojos dos mencionados apóstolos o seguinte:

7. Eu, por outro lado, posso mostrar-te os troféus dos apóstolos, porque se queres ir ao Vaticano ou ao caminho de Ostia, encontrarás os troféus dos que fundaram esta igreja1.

8. Que ambos sofreram martírio na mesma ocasião é afirmado por Dionísio, bispo de Corinto, em sua correspondência escrita com os romanos, nos seguintes termos:”

Observem como os Santos Apóstolos eram venerados e honrados com Imagens assim como Nosso Senhor Jesus Cristo.

Historia Eclesiástica Capitulo XVIII Livro VII (Euzébio de Cesaréia).

“1. Mas já que fizemos menção a esta cidade, creio que não é justo passar por alto um relato digno de memória inclusive para nossos descendentes. De fato, a hemorrágica, que pelos Evangelhos sabemos que encontrou a cura de seu mal por obra de nosso Salvador, diz-se que era originária desta cidade e que nela se encontra sua casa, e que ainda subsistem monumentos admiráveis da boa obra nela realizada pelo Salvador:

2. Efetivamente, sobre uma pedra alta, diante das portas de sua casa, alça-se uma estátua de mulher, em bronze, com um joelho dobrado e com as mãos estendidas para a frente como uma suplicante; e em frente a esta, outra do mesmo material, efígie de um homem em pé, belamente vestido com um manto e estendendo sua mão para a mulher; a seus pés, sobre a mesma pedra, brota uma estranha espécie de planta, que sobe até a orla do manto de bronze e que é um antídoto contra todo tipo de enfermidades.

3. Dizem que esta estátua reproduzia a imagem de Jesus. Conservava-se até nossos dias, como comprovamos nós mesmos de passagem por aquela cidade.

4. E não é estranho que tenham feito isto os pagãos de outro tempo que receberam algum benefício de nosso Salvador, quando perguntamos por que se conservam pintadas em quadros as imagens de seus apóstolos Paulo e Pedro, e inclusive do próprio Cristo, coisa natural, pois os antigos tinham por costume honrá-los deste modo, simplesmente, como salvadores, segundo o uso pagão vigente entre eles.”

Historia Eclesiástica Capitulo XIX Livro VII (Euzébio de Cesaréia).

“1. O trono de Tiago, primeiro que recebeu do Salvador e dos apóstolos o episcopado da igreja de Jerusalém e ao qual os livros divinos chamam inclusive de irmão de Cristo, foi preservado até hoje. Os irmãos do lugar vêm rodeando-o de cuidados por sucessivas gerações e claramente mostram a todos que veneração têm os antigos e continuam tendo os de hoje para com os santos varões, por serem amados de Deus. Eis o referente a essa questão”

Observem como os Santos Apóstolos eram venerados e amados pelos Cristãos, onde até seus nomes eram atribuídos aos filhos desses Cristãos dos primeiros séculos.

Historia Eclesiástica VII Livro XXV (Euzébio de Cesaréia).

“14. Eu creio que houve muitos com o mesmo nome do apóstolo João, os quais, por amor a ele e por admirá-lo e escutá-lo e por querer ser amados como ele pelo Senhor, afeiçoaram-se a esse mesmo nome, da mesma forma que entre os filhos dos fiéis abundam os nomes de Paulo e Pedro.

16. Eu creio que foi outro dos que viveram na Ásia. Diz-se que em Éfeso havia dois sepulcros e que cada um dos dois era atribuído a João.”

Ainda temos que escutar que os Protestantes são a “Igreja Primitiva” (nem sei de onde retiraram esse nome).

Autor: Cris Macabeus.

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
3


Cai a farsa.

Pro Ecclesia.

Servos de Maria.

Apologistas Católicos.

Índice de Mentiras.

Quem sou eu.